Historial

Souselo é uma freguesia do concelho de Cinfães, com 8,66 km² de área, 3202 habitantes (em 2011) e uma densidade populacional de 369,7 hab/km². É limitada pelo Rio Douro a Norte e pelo Rio Paiva a Oeste.

Souselo é uma das pouquíssimas terras que têm a sua antiguidade anterior ao séc. X documentada - isto não quer dizer que seja mais antiga que outras, mas porque a Souselo respeita um dos quatro ou cinco mais antigos documentos latino-portugueses que subsistem. Esse documento é importante para vermos que a língua (séc. IX), já portuguesa, na sua fase proto-histórica, já figura quer na construção de frases ou sintaxe, quer pelas palavras (já não latinas); e, ainda, porque revela a etimologia única que parece viável do topónimo Souselo.

Naquele documento, datado de 870, primeiros anos do governo de Afonso III das Astúrias, aparece a primeira forma conhecida de Souselo: "Eclesia fundata in villa Sousello". O étimo parece estar ligado ao termo latino "Sonosu" (de sonoru-). Souselo é o diminutivo deste, Sonosellu-, devendo referir-se a um regato que nasce, acima de Santa Eulália, no Alto da Capela, passa na antiga "villa Sonosello", isto é, no local da Igreja, e cai no Douro, no lugar de Primadela. A sua evolução fonética é regular a simples: Sonosello > Sõosello (séc. XIII) > So(u)selo. A toponímia que dá origem aos nomes das povoações de Souselo, salvo raras excepções, é anterior à Nacionalidade.

As devoções católicas surgem paralelamente à toponímia e, por isso, não admira que aqui surja a devoção mais antiga a um Santo na Península: o culto de Santa Eulália, que em Souselo foi introduzido antes do séc. IX, pelos presores da respectiva villa.

Na freguesia existiu um Mosteiro, cuja fundação se atribui ao ano de 870 e que, segundo a tradição, teria sido destruído por Almançor. Em Escamarão, localiza-se uma capela românica classificada como Monumento de interesse Público. Em tempos, no lugar de Cancelhô, foi encontrado um pequeno cemitério romano, três bilhas de barro, pratos, algumas moedas, cinzas e pregos. Este espólio encontra-se no Museu Serpa Pinto, em Cinfães.

 

Participe na tomada de decisões e na gestão de recursos da sua freguesia!

 

Enviar Sugestões

A nossa morada

Junta de Freguesia de Souselo
Catrapeiro,
4690-629 Souselo

Palavras Chave